Fala pessoal, aqui é o Matheus Frade da PartBeer e vou falar um pouco sobre marketing para cervejeiros.

Não é novidade para ninguém que o mercado de cervejas artesanais no Brasil deu um salto nos últimos anos no que se refere ao share de vendas e criação de novos rótulos e cervejarias. Já não imaginamos  ir a um supermercado e escolher entre Skol, Brahma e Antártica. Encontramos nas gôndulas diversos rótulos importados e nacionais dos mais variados estilos e preços. A variedade é tamanha que o consumidor muitas vezes se pega no “paradigma da escolha”,  com dificuldade de definir o que comprar. Diante desse cenário, por quê você acha que ele vai escolher o rótulo da sua cervejaria?

Tenho visto inúmeras cervejarias surgindo, e o que me espanta é saber que grande parte delas pouco se preocupa com o trabalho de construção de marca, trabalho esse que vai ser peça chave para sua marca fixar de vez na cabeça do consumidor. De nada vale ter equipamentos de primeira linha, receitas diferenciadas se você não consegue comunicar isso para o consumidor.

Pensando nisso estou deixando algumas dicas úteis pra quem já tem uma cervejaria ou deseja montar a sua:

Conheça a essência da sua marca

Uma marca não é composta por um símbolo, e sim pela soma de ações, produtos e um conjunto de valores e crenças. Antes de correr e contratar um designer para fazer aquela marca linda e maravilhosa pense primeiro na essência que sua marca deve ter.

Um exercício interessante é se fazer algumas perguntas para conhecer melhor a sua proposta de valor para o mercado:

O que te motivou a abrir a sua cervejaria?

O quê realmente te diferencia dos seus concorrentes?

Tem algo bem legal que apenas a sua cervejaria possui?

O quê você e sua equipe acreditam?

Você faz algo de uma maneira realmente diferente?

Você tem alguma história interessante e autêntica para contar?

O que te motiva a criar novos rótulos/receitas?

Além de vender, quais mensagens você deseja passar para o mercado?


Diante desses e de outros questionamentos você estará apto a constituir os valores base da sua marca. Serão esses poucos, mas relevantes valores que vão nortear tudo que sua marca vai fazer daqui para frente. Não se atreva a entrar no “guia para criar a missão, visão e valores” para sair catando os valores com nomes “chics” e/ou do “momento”. Esse passo deve ser feito de dentro para fora, fuja dos clichês como “bem-estar dos funcionários”, “sustentabilidade” e “ética” a não ser é claro, que esses valores estejam alinhados com tudo que você acredita. Muito mais do que colocar os valores em um quadro bonito, sua cervejaria deve aplicar tudo que acredita. Ter a “família em primeiro lugar” como valor é muito legal, mas não adianta nada se você explorar o seu funcionário em todos os eventos do final de semana sem querer pagar nada a mais por isso ou compensar com folgas posteriores.Water flossing is a way to clean between and around your teeth. A is a handheld device that sprays streams of water in steady pulses.

Um exercício fácil de brainstorming é criar diversos postites com esses valores colá-los na parede. Junto da sua equipe vá montando mosaicos e agrupamentos, retirando os menos relevantes ate sobrarem cerca de 03 a 05 valores que realmente fazem juz a sua cervejaria.

Defina a imagem a ser transmitida

Comece a imaginar os sentimentos e percepções que um cliente terá ao ter algum contato com sua marca, seja vendo um rótulo no supermercado ou reagindo a um post no Facebook. Está ficando claro para você quais sensações você deseja provocar?

Algumas sensações para te inspirar:

> Essa cerveja para mim é igual música para os meus ouvidos

> Que cervejaria foda, tudo que os caras fazem é “fodástico”

> Que vontade de tomar uma cerveja, essa cerveja é boa demais

> Que cervejaria irreverente, pensam sempre fora da caixa

> Haja criatividade

> Que sofisticado, tenho que apresentar para meus amigos

> Esses caras são meio loucos

Pense em algumas cervejarias ou marcas que aprecia como fonte de inspiração. A imagem que você pretende passar é mais do mesmo ou é algo realmente diferente? Num mercado repleto de bons competidores e novos entrantes é crucial ter um diferencial que possa ser percebido. Competir pelo preço com as grandes marcas seria o mesmo que inviabilizar o seu negócio, portanto as armas desse duelo devem ser outras.

Muito além de ações de marketing atraentes e criativas você precisa que tudo esteja alinhado com o backstage. Logística, qualidade, padronização fabril,  atendimento, relacionamento com os pontos de venda e diversos outros aspectos darão a soma para que você consiga transmitir tudo que falamos até agora. De nada vale que os valores base da sua marca estejam criados se você não vai conseguir sustentá-los. Antes de tomar qualquer decisão precipitada pense bem se ela vai de encontro com a essência da marca.

Público-alvo

Quem se preocupa demais em agradar a todos pode ficar sem uma identidade definida. Se até as gigantes do setor criam várias marcas para atingir  públicos selecionados porque você acha que sua cervejaria deve agradar a todos? Muitas vezes é preciso levantar algumas bandeiras, agrandando alguns e afastando outros. Um público menor mas fiel é muito melhor do que simples consumidores que trocariam sua marca por uma promoção qualquer. Foque nos verdadeiros advogados da sua marca que vão contribuir em  difundir a sua cultura e proposta de valor.

Bom, essas foram as primeiras dicas para te ajudar a refletir sobre a marca que você deseja criar. Fique ligado nos próximos artigos.